Notícias | 27 de maio de 2024 | Fonte: Insurtalks

O potencial das casas inteligentes e dos dispositivos integrados no seguro residencial

Conceito e inovação estão presentes em Smart Homes 
Smart homes, ou casas inteligentes, são residências equipadas com tecnologias que permitem a automação e o controle remoto de diversos dispositivos e sistemas, como iluminação, aquecimento, segurança e eletrodomésticos. Esses sistemas integrados comunicam-se entre si e podem ser controlados por meio de smartphones, tablets ou assistentes de voz. Os benefícios das casas inteligentes são vastos. Entre eles, destacam-se a segurança avançada, a eficiência energética, a conveniência e conforto, e a valorização do imóvel. Devido a sua ampla funcionalidade, essas casas conectadas estão se tornando cada vez mais populares no mundo. 

Dispositivos integrados trazem diferencial e segurança para as residências
Os dispositivos integrados são fundamentais nas casas inteligentes e variam de simples lâmpadas controladas por Wi-Fi a complexos sistemas de segurança. Exemplos incluem termostatos inteligentes que economizam energia, câmeras e sensores de segurança com monitoramento em tempo real, assistentes de voz como Amazon Echo ou Alexa e Google Home, e fechaduras inteligentes que permitem controle remoto, aumentando segurança e conveniência. Além disso, as inovações dos dispositivos inteligentes ajudam no consumo de energia.

77% das pessoas preferem produtos tecnológicos com eficiência energética
Segundo uma pesquisa da Samsung, apresentada na IFA 2023, 77% dos entrevistados buscam produtos tecnológicos com eficiência energética. A funcionalidade “SmartThings Energy” da Samsung demonstra isso ao usar sensores inteligentes para monitorar o consumo de energia e identificar oportunidades de economia. O Samsung Knox, um sistema de segurança da empresa, protege contra malwares, ataques físicos e roubo de dados, integrando ferramentas de proteção de software e criptografia de dados privados ao hardware. Mecanismos integrados, como câmeras, sensores de movimento e alarmes conectados, permitem monitoramento em tempo real e respostas rápidas a qualquer ameaça, ampliando a segurança residencial. 

Como as casas inteligentes e os seguros se conectam
De acordo com o Insurance Thought Leadership, casas inteligentes e seguros residenciais estão cada vez mais interconectados, oferecendo benefícios tanto para os proprietários quanto para as seguradoras. Com a crescente adoção de dispositivos inteligentes, os seguros residenciais estão evoluindo para incluir incentivos que estimulam o uso dessas tecnologias. O portal traz diversos exemplos da implementação de ferramentas tecnológicas em favor da proteção residencial contra situações adversas. Dispositivos como detectores de vazamento de água, alarmes de fumaça e sensores de movimento além de aumentarem a segurança e a eficiência das casas, podem reduzir os prêmios de seguros. “As tecnologias de casa inteligente e cidade inteligente mudam radicalmente o valor do seguro e são essenciais para a criação de ambientes urbanos mais resilientes e sustentáveis” – reflete o portal.

Crescimento de adesão ao seguro residencial é impulsionado por questões climáticas
A crescente adesão aos seguros residenciais no Brasil está sendo influenciada pela intensificação de eventos climáticos. O aumento na frequência de tempestades, inundações e vendavais está levando mais pessoas a buscar proteção adicional para seus lares. Um exemplo atual é o caso das enchentes no Rio Grande do Sul, que destaca a importância de se pensar na prevenção para diminuir os estragos decorrentes de um possível desastre natural. O incidente no estado provocou danos imensuráveis, levando uma quantidade expressiva da população a perder seus lares. Esses eventos extremos, como as chuvas intensas que causaram graves danos em várias regiões, justificam o aumento na busca por seguro residencial. Segundo a FenSeg,  o Índice de Penetração (IP) cresceu 25% no Brasil entre 2017 e 2021, com média de 12,7 milhões de residências que possuem algum tipo de seguro. A participação, que era de 13,6% no início da série histórica, subiu para 17%, refletindo o crescimento no número de residências seguradas em todo o país.

Inovações e soluções devem ser exploradas no seguro residencial
Assim como os dispositivos integrados promovem inovação tecnológica, adicionando recursos que facilitam funcionalidades dentro das casas inteligentes, é importante que as seguradoras também busquem explorar estratégias através da inovação, priorizando a segurança. Uma insurtech norte-americana organizou um evento recentemente sobre os benefícios dos seguros associados às casas inteligentes. O evento reuniu especialistas em prevenção de incêndios e de danos causados por água, além de profissionais em distribuição e instalação, para analisar o crescimento e a importância das tecnologias de casas inteligentes no cenário atual. “O seguro residencial inteligente está evoluindo além de meros descontos em prêmios para se tornar uma ferramenta vital na mitigação de riscos e gerenciamento de sinistros”, disse o participante Paul Vacquier, CEO da Beagle Services. “Estamos vendo uma mudança em direção à subscrição baseada na adoção de tecnologia e na prevenção proativa de riscos, em vez de medidas reativas. “O seguro residencial inteligente está evoluindo além de meros descontos em prêmios para se tornar uma ferramenta vital na mitigação de riscos e gerenciamento de sinistros”, disse o participante Paul Vacquier, CEO da Beagle Services. “Estamos vendo uma mudança em direção à subscrição baseada na adoção de tecnologia e na prevenção proativa de riscos, em vez de medidas reativas. Essa abordagem personalizada é crucial para que as seguradoras permaneçam competitivas e gerenciem os riscos de maneira eficaz” – complementou. Os especialistas presentes no evento concordaram que o seguro residencial inteligente tem um enorme potencial, especialmente à medida que a indústria se move para uma gestão de riscos mais proativa e para soluções de mitigação personalizadas. Seguradoras estão investindo em soluções que reforçam a conexão entre tecnologia e proteção residencial A sinergia entre tecnologia e seguros tem a capacidade de aumentar a segurança e a eficiência de serviços e produtos, melhorando a forma de interação entre consumidores e seguradoras, onde ambos os lados podem se beneficiar com o uso de dispositivos integrados. Inovações como detectores de vazamento de água, sensores de fumaça e sistemas de monitoramento em tempo real demonstram o imenso potencial dos dispositivos integrados em mitigar riscos e melhorar a gestão proativa de seguros.

Seguradoras estão investindo em soluções que reforçam a conexão entre tecnologia e proteção residencial

A sinergia entre tecnologia e seguros tem a capacidade de aumentar a segurança e a eficiência de serviços e produtos, melhorando a forma de interação entre consumidores e seguradoras, onde ambos os lados podem se beneficiar com o uso de dispositivos integrados. Inovações como detectores de vazamento de água, sensores de fumaça e sistemas de monitoramento em tempo real demonstram o imenso potencial dos dispositivos integrados em mitigar riscos e melhorar a gestão proativa de seguros. As seguradoras estão respondendo a essas tendências com soluções personalizadas e incentivos para a implementação de tecnologias inteligentes, destacando a conexão entre tecnologia e proteção residencial. Este movimento pode promover maior segurança para as residências, pavimentando o caminho para o futuro, onde inconsistências climáticas podem trazer efeitos desagradáveis e riscos aos moradores. Portanto, é importante continuar investindo em medidas de segurança, utilizando recursos já existentes e priorizando a proteção dos clientes diante de quaisquer tipos de danos.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN