Notícias | 22 de agosto de 2003 | Fonte: Jornal do Commercio

Susep pretende rediscutir a cobrança do custo de apólice

A Susep examina a hipótese de convocar, mais uma vez, os segmentos do mercado de seguros para rediscutir a regulamentação do custo de emissão de apólice. Diretor da autarquia, Neival Rodrigues de Freitas é quem levanta essa pretensão. ” A matéria, de fato, ficou de ser reanalisada junto às seguradoras e aos corretores de seguros e acabou não sendo regulamentada “- diz, admitindo, embora evasivo, que o assunto pode voltar à discussão em breve.Neival de Freitas foi pressionado a comentar essa questão pelos participantes do chat organizado anteontem pela Fenacor, no qual foi entrevistado e indagado sobre os motivos que levaram a Susep a revogar a circular que limitava o custo da apólice a 10% do prêmio líquido. O tema tem provocado alguma polêmica no mercado, já que as empresas de seguros resistem à criação de regras que venham a reduzir o dinheiro captado na cobrança da emissão de apólice, arrecadação adicional que pode amenizar perdas operacionais e gastos administrativos.Hoje, em média, o preço da emissão está em torno de R$ 60, fonte que gera recursos expressivos em carteiras como a de automóvel. Segundo corretores de seguros, a maioria dos consumidores sequer sabe que arca com esse custo repassado pelas empresas de seguros.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN