Notícias | 12 de março de 2004 | Fonte: Fenaseg

Seguro popular é viável

É possível massificar os seguros populares, afirmou Marco Antonio Rossi, presidente da Bradesco Vida e Previdência, em palestra hoje no 13º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, na capital brasileira. Na pesquisa que fez para traçar cenário para o desenvolvimento de seguros populares, a seguradora encontrou indicativos que levam seu executivo a fazer tal afirmação, como por exemplo, o fato de as classes C e D constituírem a maioria dos lares no País, 81%, contra 19% das classes A e B. E também a confirmação de, naquela faixa da população, existem recursos para se pagar uma apólice de seguro de vida de até 9 reais, em muitos casos. “O desafio maior é fazer chegar a esse consumidor a nossa mensagem”, admitiu Rossi.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN