Notícias | 10 de novembro de 2003 | Fonte: Gazeta Mercantil

Receita da Axa caiu 4% em nove meses

O faturamento da Axa nos nove primeiros meses do ano foi de 54,654 bilhões de euros (US$ 62,852 bilhões), 4% inferior ao de igual período de 2002 em termos absolutos, anunciou a seguradora francesa. Descontado o efeito das taxas de câmbio – a valorização do euro com relação ao dólar e das mudanças de abrangência – e os desmembramentos da atividade de saúde na Austrália, das filiais austríaca e húngara e ainda a separação da Axa Re nos Estados Unidos, a receita cresceu 6%, destacou o comunicado da Axa.
Por atividade, a cifra dos negócios dos seguros de vida, da poupança e das pensões representou 35,241 bilhões de euros (US$ 40,527 bilhões), queda de 2,8% em termos absolutos e um aumento de 10,3% em cifras comparáveis. Nos seguros internacionais, a queda foi de 29,6% e de 11,4%, respectivamente, para 3,377 bilhões de euros (US$ 3,884 bilhões).
Na gestão de ativos, a queda alcançou 19,2% e 5,9% passando para 2,122 bilhões de euros e US$ 2,440 bilhões, enquanto que em outros serviços financeiros a retração foi de 14,3% e de 18,9%, para 628 milhões de euros e US$ 722 milhões.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN