Notícias | 16 de setembro de 2003 | Fonte: Fenaseg

Mercado cresceu 22,69% de janeiro a julho com arrecadação de R$ 28,4 bilhões

Foi de 22,69% o crescimento do setor de seguros, previdência complementar aberta e de capitalização de janeiro a julho de 2003 em relação ao mesmo período do ano passado, com um faturamento de R$ 28,38 bilhões contra R$ 23,13 bilhões no mesmo período de 2002.
A informação é de estatística da Fenaseg divulgada hoje, com base nos dados da Susep e também da ANS. O setor de seguros arrecadou R$ 20,46 bilhões em prêmios nos sete primeiros meses do ano.
Isso representou um crescimento de 23,11% em relação aos mesmos meses de 2002.
Já o segmento de previdência complementar aberta arrecadou em contribuições R$ 4,58 bilhões de janeiro a julho de 2003, um incremento de 24% em comparação a 2002, quando as contribuições chegaram a 3,7 bilhões de reais.
O setor de capitalização faturou R$ 3,33 bilhões no período contra R$ 2,81 bilhões nos sete primeiros meses de 2002. O crescimento foi de 18,47%.
O saldo acumulado das provisões técnicas alcançou R$ 58,12 bilhões em julho, o que significa um crescimento de 40,2% em relação a julho de 2002.
Destaque para o incremento das provisões técnicas do segmento seguro, 65,2%, segundo os técnicos da Fenaseg, face ao desempenho da carteira do seguro de vida, com ênfase nos produtos em regime de capitalização.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN