Notícias | 26 de fevereiro de 2024 | Fonte: CQCS | Géssica Santos

Eventos climáticos: de quais formas o seguro pode mitigar as consequências geradas?

As chuvas intensas são bastante comuns durante o período do verão no Brasil. Esse fenômeno natural, no entanto, traz algumas consequências como as enchentes e alagamentos como os que marcaram esse início de ano no Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. 

Nesse contexto, é essencial compreender a importância de se proteger contra os prejuízos causados por esses eventos climáticos extremos. Os seguros desempenham um papel crucial na mitigação dos impactos financeiros, proporcionando uma rede de segurança em momentos de crise. Contudo, diante de tais desafios, surge a pergunta: quais seguros podem ser acionados para enfrentar as consequências das chuvas intensas? A seguir, compartilhamos os diferentes tipos de seguros que podem ser acionados em situações de enchentes e alagamentos, oferecendo insights valiosos para aqueles que buscam resguardar seus bens e patrimônio em face da imprevisibilidade climática.

Em entrevista ao CQCS, a Diretora de Planejamento da Wiz Concept, Raquel Oda, destacou que, em situações como as causadas por eventos naturais, diversos tipos de seguros podem ser utilizados para ajudar a mitigar os danos causados. “Há seguros para cobrir vários acontecimentos. É possível acionar seguros como residencial, auto, de propriedade comercial, de vida e saúde, condominial, de responsabilidade civil, entre outras.”, disse.

Eventos climáticos geralmente têm cobertura nos seguros de propriedade. Além de inundações, esse tipo de seguro também pode cobrir danos causados por ventos fortes e tempestades, como queda de árvores ou destelhamento, que geralmente são cobertos por seguros residenciais e automóveis; Danos causados por granizo, como amassados ou quebra de vidros do carro, podem ser cobertos por seguros automóveis com cobertura abrangente; e os seguros residenciais que podem cobrir danos causados por deslizamentos de terra.

“É importante verificar as especificidades da sua apólice de seguro para entender exatamente quais eventos climáticos estão cobertos e quais os procedimentos para acionar o seguro em caso de danos. Em algumas regiões ou situações específicas, pode ser necessário adquirir coberturas adicionais para proteção contra certos eventos climáticos.”, completou.

Ainda, de acordo com Raquel, o corretor de seguros tem um papel fundamental na hora do segurado escolher o seguro ideal para suas necessidades, especialmente em cenários como alagamentos e outros eventos climáticos extremos. “Esse profissional pode auxiliar a avaliar as necessidades específicas dos clientes com base em vários fatores, como também dar assistências em casos de sinistros. É altamente recomendável trabalhar com um corretor de seguros confiável e experiente ao adquirir ou renovar sua apólice de seguro.”, destaca.

Por fim, a executiva evidenciou a importância do seguro. “Ter um seguro em casos de eventos climáticos extremos, como alagamentos, é de extrema importância, principalmente na proteção financeira contra os custos imprevistos associados aos danos causados pelo evento. Em casos extremos de perda total de propriedades seguradas, como casas ou carros, um seguro pode ajudar a fornecer a compensação necessária para reconstruir ou substituir os itens perdidos, proporcionando segurança financeira durante períodos difíceis.”, finalizou.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN