Notícias | 1 de dezembro de 2003 | Fonte: Fenaseg

Especialização é caminho para desenvolvimento do segmento de RC

Para Walter Polido, diretor técnico e jurídico da Munchener do Brasil Serviços Técnicos Ltda, o ponto chave para o desenvolvimento do segmento de responsabilidade civil no Brasil é a especialização. Polido foi um dos palestrantes da 2ª Conseguro – Conferência Brasileira de Seguros, Resseguros, Previdência Privada e Capitalização realizada na semana passada no Rio de Janeiro. O especialista participou do painel “Responsabilidade Civil – Por que o segmento não é melhor desenvolvido no Brasil?”. Na ocasião, ele expôs questões como o novo cenário jurídico nacional, a demanda pelos seguros de RC no País, e os produtos de seguros de RC existentes. Ele lembrou que os direitos foram ampliados com o Novo Código Civil, que traz conceitos mais favoráveis ao consumidor e à questão de terceiros. Ele ressaltou ainda que no novo cenário brasileiro uma das tendências da sociedade será dar um enfoque maior à prevenção, em detrimento da reparação, tendo o seguro como principal instrumento de prevenção. “O seguro terá no futuro, próximo, maior importância”, concluiu. Como debatedores desse painel participaram Margareth Freitas, da Ace Seguradora e José Ferreira das Neves, da Alfa Seguros. A coordenação de mesa ficou a cargo de Santi Cianci, da Generali do Brasil e presidente da Comissão de Responsabilidade Civil da Fenaseg.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Esta é uma área exclusiva para membros da comunidade

Faça login para interagir ou crie agora sua conta e faça parte.

FAÇA PARTE AGORA FAZER LOGIN